Movimento Camponês Popular

É tempo de colher

Ademar Bogo

Há momentos na história
Em que todas as vitórias
Parecem fugir da gente
Mas vence quem não desanima
E busca em sua auto-estima
A força pra ser persistente

Regando o deserto da consciência
Um novo ser nasceu,
É hora de ir em frente companheiro
Você é o guerrilheiro
Que a história nos deu.

Regamos o deserto da consciência
Um novo ser nasceu
É hora de ir em frente, companheira
Você é a guerrilheira
Que a história nos deu.



Movimento Camponês Popular © Power by Joomla by Kleber Costa (Digital Life) - Todos os direitos reservados

Topo Versão para Desktop